5/19/2010

Primeiro Olhar

É com imenso prazer que convido vocês para prestigiarem essa exposição, com fotos minhas e de outros fotógrafos queridos.


Um passeio fotográfico de Sabará ao Mercado Central de BH.

O centro de cultura Nansen Araújo/ Teatro Sesi Minas em parceria com o Studio 3 Fotografia e Iluminação promovem do dia 17 ao 31 de maio a mostra fotográfica “Primeiro Olhar”, aberta ao público gratuitamente.
A mostra consiste nos registros fotográficos decorrentes dos temas “Sabará” e “Mercado Central”. Os alunos –e por que não artistas- formam a primeira turma do curso profissionalizante de fotografia do Centro de Cultura Nansen Araújo em parceria com o Studio 3.

Primeiro Olhar:

“A fotografia, antes de tudo é um testemunho. Quando se aponta a câmara para algum objeto ou sujeito, constrói-se um significado, faz-se uma escolha, seleciona-se um tema e conta-se uma história, cabe a nós, espectadores, o imenso desafio de lê-las.”
É neste contexto que a proposta da exposição é lançada. O desafio do ‘primeiro olhar’ é uma estrada de mão dupla, onde os fotógrafos revelam o significado de seus olhares e o público é convidado a lançar suas primeiras impressões ao trabalho em questão.
É, sem dúvida, uma mostra de olhares inéditos sobre alguns detalhes do riquíssimo e belo cenário de Minas. Olhares que, como desafio maior, encontram o desejo de significar- emocionando ou incomodando propositalmente.
“Nosso compromisso com a fotografia é deixá-la repleta de significados. A imagem vazia, aquela que não diz nada a ninguém, que se resume ao simples fato de representar, está perdendo espaço nesse mundo em que, literalmente, uma imagem vale mais que mil palavras. As imagens deste Primeiro Olhar se encarregam de contar uma história, de fazer despertar os sentidos daqueles que aceitam o desafio de lê-las”, afirma a curadora e docente da mostra, a fotógrafa Andreia Bueno.

Da Pinhole à Digital:

Outro ponto alto da mostra são os painéis de fotografias feitas a partir de uma máquina fotográfica Pinhole.
Pinholes são máquinas artesanais que, neste caso, foram construídas pelos próprios alunos que utilizaram materiais descartáveis como latinha de refrigerante e caixinhas de fósforos.
Do inglês Pin (alfinete) e hole (buraco) esse tipo de fotografia resulta num trabalho bem conceitual, onde os princípios básicos da fotografia se revelam em uma deliciosa surpresa. Isso porque não se pode ver o resultado até o momento da revelação.
Sob esse prisma, a mostra “Primeiros Olhares” também convida o expectador para uma experiência fotográfica ímpar, levando-o a conhecer melhor as maneiras de registrar o mundo à sua volta.
Desta forma, o público fica convidado a desvendar as ‘eternas novidades’ trazidas por esse primeiro olhar, capaz de transformar o corriqueiro em pontos de vistas, quem sabe, inéditos.
A exposição acontece do dia 17 ao 31 de maio no Centro de Cultura Nansen Araújo, Rua Alvares Maciel, 59, Sta. Efigênia.

É aberta ao público gratuitamente nos seguintes horários:
Segunda à Sexta: 09:00 às 22:00 horas
Sábados : 09:00 às 13:00 horas

4 comentários:

danisnunes disse...

Adorei
Acabei de postar no blog
Bjs

Alice disse...

vou ver com toda certeza!
me diz um dia que você vai pirulitar por lá pra eu ver e ainda te dar os parabéns ao vivo! hahaha

helen disse...

que orgulho!

Melodie Ramos disse...

Oi oi :)

Visto ler assiduamente o teu blog, deixei-te no meu, um desafio com um selinho :D

Beijinho