8/13/2010

Tia Helena

Tia Helena não teve medo de envelhecer. “Velha, não. Idosa”, responde sempre pra ela mesma ou pra qualquer um que se atreva a perguntar.
Joga um baralho como ninguém. Quando sem as companheiras de jogo, ocupa a mente com o trivial “paciência”. Às quarta-feiras, encontra as amigas para o sagrado jogo de “Buraco”, que ganha quase sempre e “sem roubar”, garante.

- Tia Helena, o que a senhora mais gosta de fazer?
- Jugá, bebê e pitá – Responde com o sotaque mineiro.

Helena é viciada em doses diárias de alegria: joga seu baralho, fuma três pitos por dia e bebe duas doses de pinga. A ultima por conta do médico que receitou: “ pode tomar mais uma por minha conta”.

E ela obedeceu.

Foto: Pipa Cavalcanti

Um comentário:

Helen Vilela disse...

"com tatuagens e brincos a doce helena sorria pra mim..."

eu sou helena tb! mas não tão helena assim rs