12/13/2006

O mundo perfeito



Tenho lido bastante. Aliás, a leitura foi (e é) uma atividade muito presente em minha vida.
Ultimamente minhas inspirações estão em trechos de livros. Desta vez compartilho um trechinho de um livro que li a primeira vez em 2003, e resovi lê-lo novamente este ano.
"Dentro do globo de neve na escrivaninha do meu pai havia um pingüim usando um cachecol listrado de vermelho e branco. Quando eu era pequena, meu pai me punha no colo e pegava o globo de neve. Virava-o de cabeça pra baixo, fazendo toda neve se acumular na parte de cima, depois o desvirava depressa. Ficávamos os dois olhadoa neve cair suavemente em volta do pinngüim. Eu pensava que o pingüim estava sozinho la dentro, e me preocupava com ele. Quando disse isso ao meu pai, ele respondeu:" Não se preocupe, Susie; ele tem uma vida boa. Está preso dentro de um mundo perfeito."


Uma vida Interrompida: memórias de um anjo assassinado.
Alice Sebold
Isso por algum motivo bastante evidente, me fez pensar no caos em que estamos vivendo. E não é que pensei nisso o dia todo?!

3 comentários:

Carol Vil disse...

Tem um crítico literário que diz que clássico não é um livro que você já leu. É sempre aquele que vc diz "estou relendo". Acho que vc tem um clássico nas mãos.

Pipa Cavalcanti disse...

Obaaaaaaaaaa :)

Anie disse...

Uma vida Interrompida: memórias de um anjo assassinado.

Esse livro é, simplesmente(digo isso ao pé da letra), perfeito.