10/20/2007

Pra você que sabe de tudo isso e ainda mais

Você sabe que aqui dentro é tudo igual
Que não tem mais
Não tem menos
Que é impossível dividir.

Você sabe que a escolha não existe
Que resposta certa não tem
Que o erro não é permitido
E que escolher não é opção.

Sabe também que não sou mais você
Não sou mais o outro
E que nesse meio
Não sou mais eu.

O “eu” que era triste,
Sozinho,
E sem solução.

Você sabe que eu adoro,
Simplesmente adoro,
Todas nossas besteiras,
No meio da rua.

Todas as línguas que inventamos,
Todas as histórias compartilhadas,
Nossas criancices,
Todas as luzes que me ensinou a prender.

Você sabe que aqui dentro é tudo igual.
E eu sei que aí dentro também é.

5 comentários:

de pé com punho =) disse...

nhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa


ameeeeeeeeeeeeeeeei =)))))

5 estrelas!

=P valeu por ontem pipoca...

Ana Carolina disse...

nhoooooon.
que bonito.

nhooooon.
bonitoooo.

nhoooooon.


nhooooooooon.

:*

Bruno Moraleida disse...

tenho uma suspeita de que meu computador esta contra mim. Ou entao o Blogger.. Parece que sempre que venho comentar da um problema, mas pelo menos agora nao deu.. mas enfim... To aqui... =*
Bjo pra minha mãe, pro meu pai e especialmente pra vc

Pipa Cavalcanti disse...

Huuum, só queria dizer que eu não sou a Xuxa, nem a Mara maravilha. E que minha pinta é no rosto e não na perna, portanto, não me confunda com a Angélica.

Mas que bom que deu certo! =)

Anninha disse...

Very good, beibê!

=*