9/09/2008

Imperfeição

Lá estavam todas elas
Lindas e impecáveis
Com roupas milimetricamente
Dentro da moda.
Lá estavam todas elas
Sorridentes
Com suas comidinhas lights
E a cinturinha milimetricamente no lugar.
E o cabelo,
A bunda,
Os seios.
Eram lindas,
Jeitosas,
Cheias de classe.
Perfeitas.

Mas o que adianta não ficar bonita
Diante do erro?

O que eu mais gosto em mim
É que sempre fico bem
Diante da imperfeição.

2 comentários:

Helen Vilela disse...

pipolina,

sabe que esse post me fez lembrar minha sensação ontem no "polo norte" hahahahah entendeu o que eu quis dizer?

tem muita gente fútil nesse mundo.

Deus me livre!

beijo pipoca

Pipa Cavalcanti disse...

então... eu cheguei do polo norte com tanto frio que tive que escrever esse manifesto pra ver se esquentava hahahaha