10/09/2008

Preparativos e reflexões

O ciclo de mais um ano está se fechando e muita água passou por esse rio. Eu lembro que quando mais novinha tinha umas manias bobas e achava que passaria quando fizesse 18 anos. Assim, num piscar de olhos. Porque é com 18 anos que a gente deixa de ser criança. Pelo menos para os nossos pais. Sim. Você já deve ter ouvido a famosa frase “Seja mais responsável, você já tem 18 anos!”. Algumas dessas manias passaram, porque com 18 anos eu já morava sozinha. Outras manias, por esse mesmo motivo, ficaram piores.
Com 18 anos a gente toma decisões importantes, como a profissão que seguiremos, por exemplo, e só por volta dos 23 colhemos os frutos. Com 18 anos a gente liga pra casa todo dia pra tranqüilizar os corações dos pais (e os nossos também). Por volta dos 23 a gente faz um 21 vez ou outra. E as férias junto com pai e mãe ficam cada vez mais raras.
Nesse mais um ciclo que está prestes a se fechar, deixei de ter vergonha de cantar, subi no palco algumas vezes, viajei pra visitar quem há muito não via. Amei. Desamei. Senti raiva, fiquei calma, estressei, desestressei. Fiquei mais próxima de alguns, de outros quis distância. Dancei, fui na Obra, no Jack. Comecei até a freqüentar uma academia.
Compus algumas musicas, gravei-as e vou pro festival com uma delas. Quis diminuir a quantidade de coca-cola e não dei conta. Passei a tomar a light. Desisti...
Muitas águas rolaram nesse rio. E minhas manias agora são outras. Ainda bem.
Vem “nimim” dia 13!!!!

2 comentários:

Carolina Vilela disse...

E qdo a gente chega na data em que comemora 10 anos que já é oficialmente adulto? Então... sou uma adulta de 10 anos :)

Helen Vilela disse...

qualé que é a boa do fim de semana??????

uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
segundona é nooooooois!