3/05/2009

Ventilador


Ligo o ventilador na velocidade 3. Abro as janelas e as portas. Espero pela circulação de uma brisa gostosa que costuma atingir o nono andar. Nada. O calor chegou. Trouxe um mau humor, uma gripe, uma febre latente, algumas alergias e irritancias.
O verão existe para que eu sinta saudade do inverno. No inverno eu não tenho saudade do verão. No verão até a preguiça fica ruim. As musicas não soam tão clássicas. O charme, o encanto, o olhar misterioso se perdem. No verão as coisas ficam muito mais à mostra. Não há mistério.
À noite houve uma ameaça de chuva. O céu carregado, raios, trovões, vento forte. Corri para fechar as janelas (mas o que eu queria mesmo era que molhasse tudo!), mas não choveu. Correndo, fui logo abri-las novamente.
O Sol, o efeito estufa, a inversão térmica poderiam tanto dar uma trégua. Calor é bom no coração. E lá não precisa de sol pra esquentar.

4 comentários:

Carolina Vilela disse...

Lindo, lindo!

helen disse...

quedi vc??????????

te mando msgs e nada...

saudades

bora encontrar nega.
bjo

garotabossanova disse...

Concordo que o inverno tem um q de glamour e o calor quando é demais irrita e eleva o stress à quinta potência.Bom quando o calor é no coração, bom quando o inverno é só fora da alma, lá fora, nas gotas de chuva.Beijos!

helen disse...

quarta as quatro!!!

gostei disso :)

saudade

com vontade de conversar com vc.
:(

beijo