2/22/2011

Ao Calor, com carinho...


Calor,
Escrevo esta carta para te fazer refletir.
Mentira. Na verdade eu estou escrevendo só para dizer em alto e bom tom que eu não gosto de você.
Então, agora que deixei claro os motivos de vossa senhoria receber essa carta, pare e pense em como você poderia ser mais legal comigo.
A sua presença me irrita. Me deixa feia e me faz sentir gorda.
Acho que, talvez, agora, nessa época do ano, seria uma boa você ir de intercambio ou mudar-se de vez para um desses países que fazem frio. La, você veria com seus próprios olhos, como as pessoas são mais elegantes, finas, bonitas...

E não adianta vir com esse papo de que o frio deixa as pessoas depressivas pra cima de mim, não. Porque depressão pra mim e ter você aqui, dia e noite, me irritando e me querendo fazer arrancar a roupa.
Tudo bem... o Brasil é um país tropical e tudo bem usar um pouco menos de roupa.
Mas calor, com você aqui e toda essa roupa a menos, como é que vou disfarçar as gordurinhas???
Você definitivamente não é amigo das gordinhas, não é mesmo?
Seu incoveniente!
Aposto que tem ciúmes daquele meu sobretudo maravilhoso que comprei no inverno passado, em Nova York.
E também morre de inveja do suéter de cachemir que tia Ruth trouxe de Buenos Aires.
E não vem se gabar com os biquínis minúsculos que você anda exibindo por ai, nem com as cores do verão, porque tudo isso é um saco.
Então, Calor, tenta parar com essa chatice, essa inconveniência toda...
E eu até faço as pazes com você, caso você traga uma chuvinha boa essa noite. Para regar meus sonhos.

Att,
Eu.

3 comentários:

debytm disse...

Muito bom o seu texto! Quero uma chuvinha essa noite tb! Hj está um calor terrível aqui em Recife!

Pathy disse...

Me identifiquei tanto, mas tanto.

Helen Vilela disse...

AMEI!

acho que o calor recebeu a carta porque ontem caiu uma chuvinha né :)

beijos!