10/26/2006

Faxineira



Tocou a campainha e era ela: Saionara.
Quis brincar e dizer : "saionara, Saionara", mas não consegui lembrar se "Saionara" é Oi, tchau ou obrigada em japonês.
Guardei a piada e quis rir por dentro. Rir do quanto eu consigo ser boba às vezes, e não da piada que quase fiz. Acabei segurando o riso também.

- Não repare, um furacão passou por aqui. Recebi umas visitas esses dias e como nao paro em casa não tive tempo de arrumar.

Seria verdade se eu não tivesse mensionado a questão de não ter tempo . Não arrumei porque bagunçar é bem melhor. Me sinto mais à vontade bagunçando.
Então me ocorreu um lapso estúpido:
- Como é mesmo o seu nome.... huuuum... Yaksoba, né?

Ela olha com um olhar sem graça.

-Não,não... Saionara.

Meu olhar fica mais sem graça que o dela e então, soltei aquele riso que ha pouco segurava

4 comentários:

Bruno Moraleida disse...

kkkkkkkkkk
rachei!

Carol Vil disse...

eu tb!

Ricardo Moraleida disse...

hmmm... piadas internas devem ser mantidas internas... sob o risco de acontecer isso...

a menos que sejam piadas internas coletivas... mas isso é outra história... :)

helen biso disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

booooooooooooooooooooa

to precisando de uma Saionara pra arrumar meu quarto... o furacao nao passa por aqui, ele HABITA aqui hehehehehee

beiju pipa