11/13/2006

Arquitetando




Na verdade,
a verdade não existe.
O que há, no entanto,
é o desejo
de ir até o infinito
e mudar a forma das coisas.

Se o infinito também não existe,
então não há nada.
Nem verdade,
nem desejo,
nem forma.

Muito menos a coisa.

4 comentários:

Ricardo Moraleida disse...

e se eu disser que seu poema me deixou com fome? preciso tratar do meu vazio interno com o analista??

aff...

Anônimo disse...

Leandro said...
Muito profundo. O vazio e o nada. Estou ficando seu fã, Pipa.

Anônimo disse...

Pipa,
segue uma dica de site legal. Passe para a Carol e seus amigos que escrevem, tá.
http://www.recantodasletras.com.br/
Bom feriado!
Leandro

Cristina disse...

Amiga, to gostando de ver...vc ta se tornando uma filósofa!!!
Embora não concorde com sua teoria de que a verdade não existe...pois eu creio que exista, e é a Palavra de Deus / Bíblia.
Mas gosto do que vc escreve; vc é autêntica, verdadeira, fala o que pensa, e isso é uma virtude.
E, até arrumou um fã?! rsrsrsrs
Bjs